Página:Os Vilhancicos.pdf/14

10 : OS VILHANCICOS :

vraria de Musica de D. João IV, publicado em Lisboa por Paulo Craesbeck em 1649 figuram para cima de dois mil Vilhancicos! ([1])

Nos Musicos Portugueses do ilustre Prof. Sr. Joaquim de Vasconcelos citam-se, entre outros, os nomes de Fr. Denis dos Anjos, Francisco Corrêa de Araújo, Fr. António de Belém, Fr. Estevão Botelho, Estevão de Brito, Fr. Manuel Cardoso, Nunes da Conceição, Pedro da Conceição, Fr. André da Costa, Sebastião da Costa, Fr. Felipe da Cruz, António de Oliveira, Pedro Sanches de Paredes, Domingos Nunes Pereira, António de Pina, Manuel de Pina, Fr. Manuel Pousão, João Lourenço ou João Soares Rebelo, Pedro Vaz Rêgo, Fr. António do Rosário, Francisco da Costa e Silva e ainda alguns mais que, por me parecerem mais notáveis, vou destacar e sam:

CASTRO — Manuel António Lobato de —, autor de Vilhancicos que se cantaram na Sé Catedral do Pôrto em as Matinas e Festas da Gloriosa Virgem

  1. Foi reeditado pelo sr. J. de Vasconcelos com aquele primor que sempre pôs em todas as suas publicações, em 1874, no Porto. Vẽem aí mencionadas obras de Gabriel Dias, fr. Francisco de Santiago, Geri de Chersem, Mateos Romarim, João de Castro y Malagaray, de Estevão de Brito, Carlos Patiño, fr. Geronimo Gonçalves. Indicam-se os solenidades para que fôram escritas as musicas. Como se deixou perder tanta riqueza?