Abrir menu principal
Primeiras Trovas Burlescas de Getulino por Luís da Gama
A quem ler

Instado por alguns amigos, e fiado na benevolencia que caracterisa o illustrado povo Fluminense dou hoje ao prélo a segunda edição das minhas — Trovas Burlescas.

Estou por demais convencido do pouco que ellas valem, e, por isso, lancei mão das lindas poesias, que fazem parte d’este volume, escriptas pelo Exm. Snr. Dr. José Bonifacio de Andrada e Silva, para servirem-me de santelmo n’esta empresa temeraria.

Estas bellissimas producções foram-me offertadas pelo seu illustre e modesto autor, sem a menor tenção de as ver impressas; e, eu o acompanharia n’esse proposito a não ser coagido pela eminente necessidade, em que me vejo, de abrigar-me sob os auspicios de um valioso padrinho.

Faltaria ao sagrado dever do reconhecimento para com o Illm. Sr. Dr. Guilherme Delius, se deixasse de manifestar os meus agradecimentos pelas lisongeiras expressões de animação e benevolencia, que me dirigiu por vezes nas columnas da Revista Commercial, que se publica na cidade de Santos


Rio, 28 de Maio de 1861.