Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CCVIII

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
De como el-rey fez seu testamento


Porque Nosso Senhor Jesu Christo no tempo da necessidade nunca desempara os catolicos, e virtuosos, e devotos seus mas entam acode com sua graça e misericordia, como sabia que o tempo da morte d' el-rey se chegava, e que fora rey justo e muyto temente a elle, lhe quis acodir em tal tempo com sua ajuda e piadade. E porque foy muito devoto da sua morte e paixam lhe deu graça pera que antes que morresse fizesse todalas cousas que compriam a salvaçam de sua alma como fez inteiramente como catolico principe que era. E mandou chamar logo frei Joam da Povoa frade observante da ordem de Sam Francisco homem muito virtuoso e de sancta vida que era seu confessor, e a elle se confessou logo muy perfeitamente, e com muyta devaçam de suas mãos tomou o sacramento. E acabado ysto com elle fez seu justo e verdadeiro testamento estando ambos soos assentados e foy escripto com as minhas penas e meus aparos; e eu estava aa porta de fora e acudia quando chamava. E estando el-rey assi fazendo o dito testamento, chegou o duque aa porta e perguntou-me que fazia el-rey, e eu lho disse, e perguntey se queria sua senhoria que dissesse a el-rey como elle ahi estava, e disse que nam, e se assentou na casa de fora que estava de todo despejada com soo Aires da Silva e Antam de Faria. E el-rey sentio que viera alguem, chamou e perguntou-me quem era, e eu lhe disse que o duque, e que me perguntara que fazia sua alteza, e eu lho dissera, e perguntara se queria que dissesse a sua alteza como elle estava ahi, e elle me dissera que nam, e se fora assentar; e el-rey me respondeo: "Bem fez e bem fezeste". E assi esteveram atee bem noite e acabaram o testamento de todo.

E desta confissam e testamento foy alli em muita amizade e amor com a raynha sua molher, e de todo fora d' algũas payxões em que andavam. E neste proprio tempo que o duque chegou à porta bem longe de cuidar ho que se fazia, o deixou el-rey e decrarou no dito testamento por soo e ligitimo erdeiro destes reynos e senhorios, e deixou-lhe o senhor Dom Jorge seu filho encomendado como vassallo seu. O qual testamento foy assi verdadeiro e virtuoso que Deos foy com elle servido e todos os do reyno muy contentes.