Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CLXXI

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Da romaria que el-rey cumprio daqui de Torres Vedras


Neste ãno aqui em Torres Vedras esteve el-rey muito doente e perigoso, e na doença prometeo d' ir a pee ao Moesteiro de Sancto Antonio da Castanheira da ordem de Sam Francisco, e tanto que lhe Deos deu saude pera o poder fazer cumprio a dita romaria. E com alguns senhores e fidalgos e outras pessoas que pera ysso escolheo, partio de Torres Vedras hum dia polla menhã a pee e foy jantar a hũa quinta e dormir a hũa aldea que se chama Riba Fria junto d' Aldea Gavinha. E ao outro dia foy jantar a outra quinta e dormir aas Cachoeiras; e ao terceiro dia foy pola menhaã ao moesteiro com muita devaçam sempre a pee e ahi ouvio missa e ofereceo esmollas. E dahi se partio ja a cavallo e foy por o Moesteiro de Sancta Caterina de Carnota e a Sam Francisco d' Alanquer, e dahi a Sintra onde ja a raynha era que partio de Torres Vedras o dia que ele partio pera romaria. E em Nossa Senhora da Pena ele e a raynha forão estar onze dias por hũa novena que prometeram, e estiveram muito soos porque entam a casa era hũa bem pequena yrmida; e os que com elle estavam pousavam em tendas que el-rey ahi mandou levar onde se gasalhavam muito bem e a todos se dava de comer em muita perfeyçam e nos onze dias acabada a dita novena el-rey e ha raynha se tornaram a Sintra.