Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/XCV

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Da merce que el-rey fez a hum desembargador por dar hũa sentença contra ele


Tendo Joam Roĩz Paaes contador-mor de Lisboa hũa demanda em que muito hia com el-rey, se louvaram ambos em juyzes os principaes letrados que na Relaçam avia e pessoas virtuosas, que eram o doutor Ruy Boto chanceler-mor e o doutor Fernam Roĩz adayão de Coimbra, os doutores Joam Pirez e Ruy da Grãa, e o vigairo de Tomar, que depois foy bispo da Guarda e prior de Sancta Cruz, e todos deram sentença contra el-rey. E quando lho foram dizer, disse que folgava muito, e pois que todos foram contra ele que seria por lhe nam acharem justiça. E perguntou qual fora o que primeiro votara; disseram-lhe que o vigairo de Tomar que vivia com o duque. O qual logo mandou chamar, e ele vindo com receo, el-rey muito alegre com palavras e geito de muito contente lhe disse: "Vigayro, eu vos tive sempre em muyto boa conta, e agora vos tenho em muito melhor por serdes o primeiro que votastes contra mi, que os bons e virtuosos assi o ham-de fazer quando eu nam tiver justiça; e para verdes quanto com isso folgo e vo-lo agardeço, hi falar com Antam de Faria e elle vos dara dozentos cruzados, de que vos faço por ysso merce pera ajuda de vossa despesa". O vigairo lhe beijou a mão e teve muito em merce, e foy a Antam de Faria que lhos logo deu.