Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/XII

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
De como o principe determinou d' hir em pessoa socorrer a el-rey seu pay, e do que sobre ysso fez


Vendo o principe a trayção da ponte que assi foy feita a el-rey seu pay, temendo outras que podiam sobrevir, e lembrando-se da necessidade que o pay jaa tinha de gente e de dinheiro, como verdadeiro e virtuoso filho e muyto prudente principe e valente cavaleiro, determinou de logo socorrer a el-rey em pessoa com a mays gente e mais dinheyro que podesse ajuntar, e yr com seu pay tomar parte de seus trabalhos per cima de quantos elle cá no reino tinha, o que logo com muita deligencia e grande cuidado poos por obra. E mandou aperceber e apurar toda a gente que pôde e todo o dinheiro que das rendas do reyno se devia, e outro que andou ajuntando e pedindo emprestado a pessoas que o tinhão. E porque lhe pareceo que nam era tanto quanto cumpria, com muito recado e muita certeza de paga tomou a prata das ygrejas e moesteiros, aquella que nam era sagrada que na sagrada se nam bolio nem pôs mão, a qual depoys de ser rey com muito cuydado pagou; e de todas estas cousas se fez boa soma de dinheiro. E por consentimento d' el-rey seu pay deixou o regimento e governança do reino aa princesa Dona Lianor sua molher, e com ella deyxou pessoas de muyta autoridade e letras e bom conselho com que nas cousas do reino se aconselhasse. E assi proveo as frontarias de capitães, e as fortalezas de alcaydes-mores, gente e armas e todo o mais que cumpria. E feyto assi tudo tendo jaa a gente prestes, partio da cidade da Guarda no mes de Janeiro de mil e quatrocentos e setenta e seis ãnos; entrou em Castella polla villa de Sam Felizes, a qual logo tomou per força por estar contra el-rey seu pay e a deixou por sua, e no combate ouve alguns mortos e feridos. E dahi foy ter junto com Ledesma, que sendo contraira deu ao arrayal por dinheiro mantimentos e provisões. E dahi por suas jornadas foy com sua gente tam concertada e em tanta ordem e regimento, que nunca ninguem ousou de o cometer.

Chegou aa cidade de Touro onde el-rey seu pay e ha raynha e toda sua gente estava; e foy recebido d' el-rey com grandissimo amor e muytas lagrimas de prazer de hũa parte e da outra, e assi da raynha e de todolos portugueses com tanto contentamento, que mais não podia ser; porque toda a esperança d' el-rey Dom Afonso e de todos os seus era soo na vinda do principe.