Cordão carnavalesco

Cordão carnavalesco
por Chiquinha Gonzaga


Ô abre-ala
Que eu quero passá!
Eu vim de longe
Não posso negá

Ô abre-ala
Que eu quero passá!
Minha morena
Vou contigo estar



Sou do mar ê ê
Sou do mar ê a
Arreda, rapaziada
Meu cordão vai passá!
Sou do mar ê ê
Sou do mar ê a
Eu vim de muito longe
Eu não posso negá!
Sou do mar ê ê
Sou domar ê a
Lá vem mulata a bulir!
Eu sou de vatapá!
Sou do mar ê ê
Sou do mar ê a
Arreda, minha morena
Meu cordão vai passá!