João Ferreira de Almeida (1819)/Mattheus/X

  1. E CHAMANDO a si seus doze Discipulos, deu lhes poder sobre os espiritos immundos, pera os lançarem fora, e curarem toda enfermidade e todo mal.
  2. Ora os nomes dos doze Apostolos saõ estes: o primeiro, Simaõ, dito Pedro, e André seu irmaõ; Jacobo o filho de Zebedeo, e Joaõ seu irmaõ.
  3. Philippe e Bartholomeo: Thome, e Mattheus o publicano: Jacobo o filho de Alpheo; e Lebbeo, por sobrenome Thaddeo.
  4. Simaõ Cananita, e Judas Iscariota, o mesmo que o entregou.
  5. A estes doze enviou Jesus, e lhes mandou, dizendo: pelo caminho das Gentes naõ ireis, nem em cidade algua de Samaritanos entrareis.
  6. Mas ide antes ás ovelhas perdidas da casa de Israël.
  7. E indo, pregae, dizendo: chegado he o Reyno dos ceos.
  8. Curae a os enfermos, alimpae a os leprosos, resuscitae aos mortos, lançae fora a os Demonios; de graça o recebestes, dae o de graça.
  9. Naõ possuais ouro, nem prata, nem dinheiro de cobre em vossas cintas.
  10. Nem alforges para o caminho, nem duas tunicas, nem alparcas, nem bordaõ; porque digno he o obreiro de seu alimento.
  11. E em qualquer cidade, ou aldea, que entrardes, informaevos de quem nella seja digno, e ficae ali até que sayais.
  12. E quando entrardes em alguã casa, saudae a.
  13. E se a casa for digna, venha sobre ella vossa paz: porém se digna naõ for, torne se vossa paz a vosoutros.
  14. E qualquer que vos naõ receber, nem vossas palavras ouvir, saindo daquella casa, ou cidade, sacudi o pó de vossos pés.
  15. Em verdade vos digo, que mais toleravel será para os da terra de Sodoma e Gomorra no dia do juízo, do que para aquella cidade.
  16. Vedes aqui, eu vos envio como a ovelhas em meyo dos lobos: portanto sede prudentes como serpentes, e simplices como pombas.
  17. Porém guardae vos dos homens; porque vos entregaraõ em Concilios, e vos açoutaráõ em suas Synagogas.
  18. E até ante Presidentes e Reys sereis levados por causa de my, para que a elles e aos Gentios lhes conste.
  19. Mas quando vos entregarem, naõ estejais solicitos de como, ou que aveis de fallar: porque naquella mesma hora vos será dado o que aveis de fallar.
  20. Porque naõ sois vós os que fallais, mas o Espírito de vosso Pae, que em vos falla.
  21. E o irmaõ entregará á morte ao irmaõ, e o pae a o filho: e os filhos se levantaráõ contra os paes, e os mataráõ.
  22. E de todos sereis aborrecidos por causa de meu nome: mas aquelle que perseverar até o fim, esse será salvo.
  23. Assi que quando vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo, que naõ acabareis de correr pelas cidades de Israël, que naõ venha o Filho do homem.
  24. O discípulo naõ he mais que o mestre, nem o servo mais que seu senhor.
  25. Baste a o discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor: se ao Pae de familias chamaram Belzebul, quanto mais a seus domesticos?
  26. Assi que naõ os temais; porque nada ha encuberto, que se naõ aja de descubrir; e nada oculto, que se naõ aja de saber.
  27. O que vos digo em trevas, dizei o em luz; e o que ouvirdes a o ouvido, pregae o sobre os telhados.
  28. E naõ temais a os que matam o corpo, e naõ podem matar a alma: temei antes a aquelle, que assi a alma como o corpo pode destruir no inferno.
  29. Naõ se vendem dous passarinhos por hum ceitil? e nem hum d'elles cairá em terra sem vosso pae.
  30. E até os cabellos de vossa cabeça todos contados estaõ.
  31. Naõ temais pois; mais valeis vos que muytos passarinhos.
  32. Por tanto qualquer que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pae, que está nos ceos.
  33. Porem qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pae, que está nos ceos.
  34. Naõ cuideis, que vim a meter paz na terra; naõ vim a meter paz, senaõ cutelo.
  35. Porque eu vim, a pór em dissensaõ a o homem contra seu pae, e á filha contra sua mãe; e á nora contra sua sogra.
  36. E os inimigos do homem seraõ seus domésticos.
  37. Quem ama pae, ou mãe, mais que a my, naõ é digno de my; e quem ama filho, ou filha, mais que a my, naõ é digno de my.
  38. E quem naõ toma sua cruz, e segue após my, naõ he digno de my.
  39. Quem achar sua vida, perdelaha; e quem perder sua vida, por causa de my, achalahá.
  40. Quem a vos recebe, a my me recebe; e quem a my me recebe, recebe a aquelle, que me enviou.
  41. Quem recebe Propheta em nome de Propheta, galardaõ de Propheta receberá; e quem recebe justo em nome de justo, galardaõ de justo receberá.
  42. E qualquer que somente der um pucaro de agoa fria a hum destes pequenos em nome de Discípulo, em verdade vos digo, que em maneira nenhua perderá seu galardaõ.