Página:A Bella Madame Vargas.djvu/220


que esperes. Ao menos hoje obedeces. Eu quero.


Madame Vargas 

Odeio-te!


Carlos 

E eu vingo-me! (O relogio bate meia hora dentro). Temos apenas trinta minutos. Pouco tempo.


Madame Vargas 

(Esfrega os olhos já seccos de não poder chorar, alisa os cabellos, como se convencendo)


Elle vem! Elle vem! (desespero). Não fiques, oh! não fiques! Já te vingaste de mais. Sim. Confesso. Devia te ter dito tudo, devia ter falado. Mas já resgatei o meu crime. Sei que é brincadeira tua, que nada disso é verdade, que não passa de uma tortura, uma grande tortura... Pelo amor de Deus, pelo nosso amor…


Carlos 

Pelo nosso amor, egoista! Pelo nosso amor, trahidora! Pelo nosso amor vendida!