Página:Arte da Lingoa de Iapam.pdf/13

ADVERTENCIAS.

ſições, & aduerbios: mas no que eſta lingoa ſe aſſinala, & he diuerſa de quantas temos noticia, he na maneira de reſpeitos, & corteſias que inclue nos modos de falar quaſi vniuerſalmente: por que tem verbos acõmodados pera falar de peſſoas, & com peßoas baixas, & altas, & tẽ varias particulas que ſe ajuntão aos verbos, & nomes, respeitando ſempre à peſſoa cõ quẽ, de quẽ, & de q̃ couſas fala, pera vſar das taes particulas, & verbos conforme a calidade de cada hũ; de modo que ſe não pode aprender ſem juntamente ſe aprender a falar com honra, & corteſia.

A cauſa por que na explicação dalgũas couſas fuy hũ pouco mais diffuſo, foy por ſer eſta lingoa estranha, & peregrina, reſpeitando mais a declarar bem, & diſtintamente a couſa, que a fazer regras breues, & cõpendioſas cheas de obſcuridade, & pera os meſtres terẽ abundancia de couſas que facilmente não ocorrem: & por eſta cauſa, onde pareceo neceßario fiz algũs comẽtos, prouando tudo o q̃ ſe diz quanto me foy poſſiuel cõ exemplos dos liuros de autores graues de Japão, & cõ outros dos que noſſos Irmãos Japões compuſerão em ſua lingoa, & ſe imprimirão em noßa letra. Poſto que pera os que começnao de nouo ſe farà hũ extracto breue