Página:Arte de Grammatica da Lingoa mais Vsada na Costa do Brasil (Anchieta 1595).djvu/77

LINGOA DO BRASIL
36

quer muitas que não ſe ſoffrem na conſtruição eſtarem apartadas, logo cõ ellas ſe poem a interrogação, vt.

Xèpè ajucâ? eu mato?
Xerúbapèoçô? meu pai foy?
Xerúbaçupépè ereçô? por meu pay vas.

Nos tẽpos que não tem articulos, ſempre ſe poſtpoẽ porq̃ neceſſariamente ha deſtar o nominatiuo,ou accuſatiuo immediato ao verbo à parte ante, vt, Xeçòremepè? xejucábope? xejucaçárape?

E por eſta cauſa quando na conſtruição ſe perde o articulo ſe ha de tornar a repetir o accuſatiuo, vt yxêpè xejucâ? ndépendèjucâ? A mi me matão? A ti te matão?

Soeſe por, te, antes do, pe, que ſignifica , pois, ſimpliciter, ou quaſi negando, vt, Abâtepéoçô? pois quẽ foy? Açôtepéyxê? Como, fuy eu? quaſi dicat, não.As vezes he dubitatiuo , vt oçóruãtepéê? foy, ou iria porventura? As vezes admiratiuo,vt, oçôteperaeê? De maneira que foy?


Da Conſtruição dos verbos actiuos.
Cap. VIII.


S

Endo a terceira peſſoa accuſatiuo falaſe direita mẽte pelos articulos ſẽ nhũa mudãça, vt,aiucâ Pedro, mato a Pedro, erejucâ, ojucâ, & ſic in plurali, orojucâ, yajucâ, ojucâ, ſẽpre Pedro he o accuſatiuo, porq̃ não ſe perde os articulos, & eſtá claro. Sendo a terceira nominatiuo, & accuſatiuo, ainda q̃ pode auer algũa amphibologia, cõtudo pella mate ria q̃ ſe trata cõmumẽte fica claro, como de couſa