Abrir menu principal

Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/159

151
ESPUMAS FLUCTUANTES


A DUAS FLORES


São duas flores uniaas,
São duas rosas nascidas
Talvez no mesmo arrebol,
Vivendo no mesmo galho,
Da mesma gotta de orvalho,
Do mesmo raio de sol.

Unidas, bem como as pennas
Das duas azas pequenas
De um passarinho do céo...
Como um casal do rolinhas,
Como a tribu de andorinhas
Da tarde no frouxo véo.