Página:Fantina- (scenas da escravidão).pdf/124

120

FANTINA

Ainda com o novo vestido desabotoado, Fantina tomou a chicara e poz-se a beber o café. Aproveitou-se Rosa disto, e estendendo o vestido molhado no peitoril da janella, metteu a mão no bolso delle e tirou a chave.

— Fica aqui para não criar tico, menina, disse Rosa retirando-se com a chicara.

Rosa lá pela cosinha exhultava, dando risadinhas gostosas, dizendo graçolas de amuar.

Toda a tarde ella esteve sentada atraz da casa remendando umas camisas do pae Joaquim.

Quem por alli passasse, ouveria um cantar baixo, mas de um timbre vibrante, como o de quem cheio de prazer, procura derramar um pouco da ventura que escorre pelas bordas do cyatho da vida.