Abrir menu principal


E o Aníbal, conciliador:

- Talvez fosse esquecimento, falta de lembrança.

- Não admito, redarguiu o Dr. Natividade, crescendo para ele, como para lhe tomar satisfações, não admito esquecimentos comigo. Graças a Deus, tive educação, e sei o que são deveres de boa sociedade.

Nisto o Bernardino Santana aproximou-se, amável, sobraçando duas botijas de água de Seltz.

- Então, senhor doutor, não dança?

- Não senhor, não danço, respondeu o juiz municipal, abotoando o fraque.

- Então por quê? Ainda tão moço, já quer ser do rol dos velhos?

- Não é por isso, é porque sofri uma desfeita, e eu, graças a Deus, não preciso sofrer desfeitas.

E o Dr. Natividade assestou a luneta para o chapéu do Bernardino, e cruzou as mãos atrás das costas.

- Desfeita, exclamou o Bernardino Santana,