Página:Poesias (Bernardo Guimarães, 1865).djvu/9


PROLOGO.

Conta-se que Camões, tendo naufragado em uma praia das Indias, salvára a nado os seus Lusiadas, trazendo-os em uma das mãos em cima das ondas.

Essa tradição é bem difficil de acreditar-se, mas não é impossivel.

Aquelle rude soldado, affeito a affrontar os perigos e fadigas da guerra, e as privações da pobreza, inspirado pelo genio, e alentado pelo amor e pelo patriotismo, era capaz de tamanho esforço e denodo.

A gloria lhe mostrava além um vislumbrante futuro, que trazia seu nome até nossos dias,