Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CLXIV

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Da embaixada que el-rey mandou a Roma com obediencia


E no mes de Julho deste anno de noventa e dous, faleceo o Papa Ynocencio oitavo, e socedeo em seu lugar o Papa Alexandre sexto, que era vice-canceler de naçam valenciano, e chamava-se Dom Rodrigo Borja; do que el-rey foy certeficado em Sintra a dezasete dias d' Agosto. E mandou-lhe sua embaixada por Dom Pedro da Silva comendador-mor d' Avis, que ao dar dela se juntou em corte de Roma com Dom Fernando d' Almeyda bispo de Ceita seu yrmão, e com Dom Diogo de Sousa bispo do Porto que lá estavam. E porém ante de se darem a dita obediencia estiveram por aviso d' el-rey na cidade de Sena muitos dias esperando pola entrada d' el-rey Carlos de França em Ytalia, a cuja parte e favor el-rey fingidamente mostrava que se yncrinava porque era contrayro a el-rey de Castella, avendo-se delle por enganado no contrato da entregua de Perpinhão, em que ficara de o nam empedir na requesta do reyno de Napoles e o empedia. E porque neste tempo antre os reis de Portugal e Castella ouve causas e cousas que pareciam de quebra, e el-rey alem das lianças que com França mostrava, mandou no reyno e fora delle fazer grandes e dessimulados apercebimentos que pera se segurar da guerra que desejava escusar por causa de sua doença muito lhe aproveitaram. E os embaixadores depois da entrada d' el-rey de França deram sua embaixada e obediencia, e foram com muita honrra recebidos e levava o dito embaixador muy honrrada companhia.