Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CLXXVI

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Da merce que el-rey fez a Diogo Fernandez feytor de Frandes


Estando em Frandes por feitor d' el-rey Diogo Fernandez Correa cavaleyro de sua casa, veo Maxemeliano rey dos romãos que depois foy emperador a Enves; e por ter muito grande necessidade de dinheiro pera as guerras em que andava, mandou chamar o dito Diogo Fernandez, e lhe deu conta da estrema necessidade em que estava, e como a gente se lhe queria toda hir por lhe nam poder pagar o soldo; que lhe rogava muito como a oficial d' el-rey seu primo que lhe quisesse socorrer e lhe emprestasse trinta mil ducados, que muito relevava a seu estado. E que elle lhe ficava por sua fe real que el-rey seu primo o ouvesse por bem e que elle lhos tornaria a dar muy cedo. E Diogo Fernandez ouvindo as palavras e sabendo a necessidade, sem nenhũa dilaçam lhe deu trinta mil cruzados e lhe ofereceo toda a feitoria, com ho qual dinheiro el-rey remedeou tudo. E Diogo Fernandez depois de lhos ter dado cuidou no que fizera sem licença d' el-rey, e muito arrependido vendo que nisso errara em seu oficio e no serviço d' el-rey, lho escreveo logo e mandou hum correo dando-lhe conta de todo o caso, pedindo-lhe por merce que lhe perdoasse a culpa e mao recado que de sua fazenda tinha feito, e quando nam que lhe desse o castigo que quisesse que elle aparelhado estava pera ysso e confessava que o merecia. E quando el-rey vio a carta folgou muito e mostrou receber muyto contentamento, e respondeo logo a Diogo Fernandez que nenhum serviço lhe podera fazer de que mais guosto levara, e que o fezera como muyto bom homem e bom criado e que lho agardecia muyto, e que cada vez que comprisse a el-rey seu primo lhe desse toda sua feitoria. E que o castigo que lhe dava polo fazer sem seu mandado era fazer-lhe por isso merce de mil cruzados, os quaes logo tomasse em si como tomou; e dahi em diante teve el-rey o feitor en mayor estima e o favorecia muito.