Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CXLIX

< Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo
Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Do que el-rey disse a Joam Fogaça sobre Egas Coelho


Hum Egas Coelho que ora he capitão de hũa das Ylhas Terceyras, era moço da camara d' el-rey, jaa homem e tinha morto hum cavaleyro de que era livre, e temia-se muito dos yrmãos, e andava armado e guardado, sendo ainda moço da camara; e hũa noyte ceando el-rey Joam Foguaça veador andava merencoreo dos moços da camara, e a quantos entravam dava com hũa cana e arrepelava, que era algum tanto aspero de condiçam no oficio; acertou de entrar ho Egas Coelho com capa e espada e armado nam em auto pera servir, e Joam Fogaça como o vio se foy a elle e lhe quisera dar com hũa cana; e elle lhe disse: "Senhor, nam me deys que sam homem e não venho agora pera poder servir", e o veador querendo-lhe todavia dar e levantando a cana pera isso, elle apunhou a espada e disse: "Se me dais meterey esta espada em vós". Foy gram rumor na salla, e Joam Fogaça nam lhe deu, e foy rijo fazer queixume a el-rey alto perante muitos que aa mesa estavam. El-rey chamou logo o Egas Coelho que estava ja preso, e perguntou-lhe como fora, e elle mostrou como vinha armado, e disse: "Vosa alteza sabe como ando temido e ho porquê; e vinha agora nam pera servir aa mesa e sendo tam homem como sam e andando armado, o veador sem causa algũa que eu fizesse me queria dar com hũa cana como a moço perante tanta gente, e por ysso, senhor, fiz o que fiz; vossa alteza me pode castigar como quiser". E el-rey lhe disse que fizera bem e que por ysso lhe nam dava castigo algum, que se fosse emboora; e disse a Joam Fogaça alto: "Veador, nam sam esses os moços da camara que se ham-de castigar com cana, e mais vindo da maneyra que esse vem"; e nam fez mais nada, antes teve o Egas Coelho em boa conta por assi olhar por sua honrra.