Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CXXXIII

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Da mudança do senhor Dom Jorge


E el-rey depois da morte do principe, deu logo carrego do senhor Dom Jorge seu filho, a Dom Joam d' Almeyda conde d' Abrantes, e por tirar paixam aa raynha sua molher com a vista do senhor Dom Jorge, lembrando-lhe a morte do principe seu filho, ouve el-rey por bem que por entam nam viesse a sua casa; e em caso que o el-rey fizesse com fundamento honesto e virtuoso, a rainha ouve disso desprazer e tanto que depois que el-rey lho requereo e muito apertadamente lhe pedio que o tornasse a recolher a sua casa, foy nisso tam dura e tam contraira que recebendo por ysso d' el-rey muitos disfavores nunca em vida d' el-rei o quis ver nem recolher. O que el-rey com muito desejo precurava com algũa ymaginaçam e desejo que depois mostrou de ver se poderia legitimar e habilitar o dito senhor Dom Jorge seu filho pera sua socessam, que ao duque direitamente pertencia. O qual pola muita lealdade e amor e muy grande obediencia que como propio filho a el-rey tinha, fosse de crer que consenteria nisso e em qualquer outra cousa que fosse da vontade d' el-rey. A raynha sua yrmaã com muita bondade, virtude, e conciencia sosteve sempre a honrra do duque, a qual se afirma ser d' el-rey muitas vezes pera ysso requerida, e por nam consentir sofrer muitas paixões, desfavores, e esquivanças, que com muita paciencia, dessimulaçam e prudencia sofria, sem nunca querer nisso outorgar. O que pareceo ser per misterio divino, pois ella foy causa do duque seu yrmão, ser depois rey tam poderoso e tam prosperado e deyxar tam singulares filhos como deyxou, e el-rey seu marido fazer com tanta verdade, vertude, bondade, tam justo testamento e morrer tam santamente, como ao diante em sua morte se dira.