Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/XIX

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
Do que o principe passou em Almeirim com ho cardeal


Ho principe nunca foy contente das cousas do cardeal de Portugal Dom Jorge da Costa, nem lhe parecia bem a muita honrra que el-rey seu pay lhe fazia mays do que era rezam, com que o cardeal se mostrava rijo, e fazia algũas cousas mais solto do que devia, de que ho principe tinha desprazer por el-rey lhas consentir. E estando el-rey em Almeirim andando passeando no campo, ho principe se apartou com o cardeal a cavallo, e foram passeando caminho de Santarem; e aa ponte d' Alpiarçoyla, o principe mandou ficar todos, e soo com o cardeal e hos moços d' estribeyra adiante afastados passou a ponte d' Alpiarça. E foy reprehendendo muyto ho cardeal com palavras asperas e feas estranhando-lhe has cousas que fazia; e ho cardeal dando-lhe muytas desculpas, o principe lhas nam recebia e lhe dise: "Pera que he nada senam a hum cardeal tam mal ensinado, desagradecido e de maa condiçam, mandá-lo tomar por quatro moços d' esporas e afogá-lo em hum rio e dizer que cahio e se afogou por desastre?". E isto hindo-se chegando ao Tejo, de que ho cardeal ouve tamanho medo que verdadeyramente cuydou que ho principe ho levava pera o mandar matar. E dahi por diante se emmendou e ho temeo tanto, que logo determinou sua hida pera Roma e se foy; e laa contou a muytas pessoas que nunca tam grande medo ouvera, e que aquella hora se dera por morto.