Abrir menu principal

O Livro de Esopo/As pombas, o gavião e o minhoto

O Livro de Esopo por Esopo
LI - As pombas, o gavião e o minhoto
Transcrição e Notas de Leite de Vasconcelos. Vid. também As Pombas e o Falcão, traduzida por Manuel Mendes da Vidigueira.


LI. [As pombas, o gavião e o minhoto]

[C]omta-sse que as poombas hũa vez tomarom o gaviam por senhor pera as defemder da batalha do mynhoto: e o gaviam defemdia-as muyto bem; e depois que as defemdeo, tomava d’ellas e comia-as. E esto quamtas ell queria. E a[s p]oo[m]bas[1], veemdo tamto mall, começauam de braadar e diziam que milhor lhes era aver guerra com o mynhoto ca morte ssem batalha.





Em aquesta estoria o doutor nos emssina que deuemos sseer sabedores e esguardar a fim d’aquello que fazemos, porque me[lh]or[2] he ssofrer pouco mal que muyto mall.

       [Fl. 38-r.]E esta hestoria comcorda com as outras duas amte dictas.[3]

NotasEditar

  1. O ms. está roto onde ponho colchetes.
  2. O ms. está roto onde ponho colchetes.
  3. Refere-se às fábulas Os Athenienses que elegem um rei e As rãs que pedem um senhor a Jove.