Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/178

170
ESPUMAS FLUCTUANTES


Quando tudo vacilla e se evapora
Muda e se anima, vive e se transfoima,

Cambaleia e se esvae...
E da sala na magica penumbra
Um mundo em trevas rápido se obumhra...

E outro das trovas sac...

Então... nos brancos mantos, que arregÁ;am,
Da meia noite os anjos alvos passam

Em longa procissão!
E eu murmuro, ao tital-os assombrado:
— São os anjos de amor de meu passado

Que desfilando vão...

Almas, que um dia iio meu peito ardente
Derramastes dos sonhos a semente,

Mulheres, que eu amei!
Anjos louros do céo! virgens serenas i
Madonas, Cherubins ou Magdalenas!

Surgi! apparecei!

Vinde, fantasmas! Eu vos amo ainda;
Acorde-sea harmonia á noite infinda
Ao roto bandolim...

Á