Abrir menu principal

Página:Phalenas.pdf/19

– 17 –

«Conhecera-te estas arvores. E eu mesmo
«Sinto não sei que vaga e amortecida
          «Lembrança de teu rosto.»

          Desceu de todo a noite,
Pelo espaço arrastando o manto escuro
Que a loura Vesper nos seus hombros castos,
Como um diamante, prende. Longas horas
Silenciosas corrêrão. No outro dia,
Quando as vermelhas rosas do oriente
Ao já proximo sol a estrada ornavão,
Das ruinas sahião lentamente
          Duas pallidas sombras:
          O poeta e a saudade.