Peregrinaçam/XLII


A Quarta feira ſeguinte nos ſaimos logo deſte rio da varella por nome Tinaçoreu, & ao piloto pareceo bem yr demãdar Pullo Champeiloo, que he hũa ilha deſpouoada que eſtá na boca da enſeada da Cauchenchina, em quatorze graos & hum terço da banda do norte. E chegando a ella ancoramos em hũa angra de bom furgidouro, onde deſpois que eſtiuemos tres dias fazendonos preſtes, & pondo a artilharia no modo conueniente a noſſo propofito, nos partimos via da ilha de Ainão, parecendo a Antonio de Faria que ahy achaſſe o Coja Acem que andaua buſcando. E chegando à viſta do morro de Pullo Capás, que he a primeyra moſtra da ponta da ilha, não fez neſte dia mais que chegarſe bem á terra para diuiſar os rios & portos daquella coſta, & ver que entradas tinhão. E tanto que foy noite, porque a lorcha cm q̃ viera de Patane fazia muyta agoa, ordenou por parecer de todos os ſoldados, q̃ antes de bulir em outra nenhũa couſa ſe paſſaſſe a outra melhor embarcaçaõ, o que logo foy

feito. E chegando a hum rio que ao pór do ſol vimos ao rumo de Leſte, mandou ſurgir hũa legoa ao mar delle, porq̃ o junco em q̃ vinha era grãde, & demandaua muyto fundo, & ſe temia dos muytos baixos que todo aquelle dia tinhamos viſto, & mandou a Chriſtouão Borralho q̃ foſte na lorcha cos ſeus quatorze ſoldados por dentro do rio, & viſſe que fogos erão os q̃ defronte aparecião, o qual ſe partio logo ſem fazer mais detẽça, & indo ja mais de hũa legoa pelo rio dentro, foy dar de roſto com hũa companhia de quarẽta juncos muyto grãdes & alteroſos de duas & tres gauias cada hum, & por ſe temer que foſſem da armada do Mandarim, de que ja tinahamos algũas atoardas, ſurgio hum pouco à terra delles, & como a marè começou a encher, que ſeria ja quaſi meya noite, leuou a amarra muyto caladamente, & paſſou adiante para onde tinha viſtos os fogos, de que a mayor parte ja neſte tempo erão apagados, & não auia mais que dous ou tres que de quando em quando aparecião os quais lhe ſeruião de guia. E continuando por eſta ordem ſeu caminho, foy dar nũa grandiſsima quantidade de nauios grandes & pequenos, que ſegundo o eſmo de algũs, ſerião mais de duas mil vellas, & paſſando com a calada do remo por entre elles, chegou ao lugar, que era hũa pouoação de mais de dez mil vezinhos, cercada de muro de tijolo com ſuas torres& baluartes ao noſſo modo, com barbacam, & duas cauas de agoa ao redor. Aquy dos quatorze ſoldados q̃ hião na lorcha, deſembarcaraõ os cinco em terra, com mais dous Chins da eſquipação que deixarão em refés ſuas molheres no junco, & correraõ o lugar todo por fora em roda, em q̃ gaſtarão quaſi tres horas, ſem auer nunca ſentimento delle, & tornandoſe a embarcar, ſe ſayrão a remo & à vella, ſem rumor ou rebuliço algum, por ſe temerem que ſe ahy quiſeſſem bulir com algũa couſa, nenhũ delles eſcaparia. Saydos do rio acharaõ na barra hum junco ſurto que lhes parceceo ſer vella da outra coſta, a qual auia pouco que tinha ſurgido, & chegados onde Antonio de Faria eſtaua, o informaraõ do que tinhão viſto, & da groſſa armada que eſtaua dentro no rio, & do junco que acharaõ ſurto na barra, dizendolhe muytas vezes que quiça poderia ſer aquelle o perro do Coja Acem q̃ elle buſcaua, com a qual noua elle ficou tão aluoroçado, q̃ ſem mais eſperar hum momento, largando a amarra com que eſtaua ſurto, ſe fez à vella, dizendo que o ſeu coração lhe dizia que ſem duuida nenhũa era aquelle, & que a iſſo poria a cabeça, & q̃ ſendo aquelle, nos certificaua, que aueria por bem empregado morrer na demanda a troco de ſe vingar de quem tanto mal lhe fizera, & que à ley de bom homem juraua que o não dezia pelos ſeus doze mil cruzados, que ja lhe não lembrauão, ſe não ſó pelos quatorze Portugueſes q̃ o perro lhe tinha mortos. E chegando á viſta do junco, mandou que a lorcha ſe paſſaſſe

da outra banda, porq̃ abalroaſſem ambos juntamente, & que ninguem deſparaſſe nenhum tiro de fogo, porque não ſentiſſem os juncos da armada que eſtauão dentro no rio o tom de artilharia, porque acudirião a ver o que era. Tanto que as noſſas embarcaçoẽs chegaraõ ao lugar onde eſtaua ſurto o jũco, elle foy logo abalroado ſem nenhũa detença, & ſaltando dentro vinte ſoldados ſe ſenhoreararão delle ſem contradição algũa, & a mòr parte da gente delle ſe lançou ao mar. Algũs dos inimigos que erão de mais animo, deſpois de tornarem em ſy, quiſeraõ fazer roſto aos noſſos, porem Antonio de Faria ſe lançou logo dentro muyto depreſſa com mais outros vinte ſoldados que tinha conſigo, & dando Santiago nelles, lhes derrubou mais de trinta, &os que ficaraõ viuos que ſe tinhão lançado ao mar, mandou que os tomaſſem, porque lhe eraõ neceſſarios para a eſquipaçaõ. E deſejando ſaber que gente era, & donde vinhão, mandou meter hũs quatro delles a tormento, dos quais os dous ſe deixarão morrer emperradamente, ſem quererem confeſſar nenhũa couſa. E tomando hum moço pequeno para lhe fazerem o meſmo, hum velho que jazia ahy deitado q̃ era ſeu pay, bradou rijo chorando que o ouuiſſem antes que fizeſſem mal aquelle moço, Antonio de Faria mandou então parar os miniſtros da execução, & lhe diſſe que diſſeſſe o que quiſeſſe, mas que foſſe verdade, porque ſe lhe mintiſſe, ſoubeſſe certo que a elle & ao filho auia de mandar lançar viuos ao mar, & ſe lhe fallaſſe verdade lhe prometia de os mandar pór a ambos em terra liuremente, cõ toda a fazenda que por ſeu juramẽto diſſeſſe que era ſua. A que o Mouro reſpondeo, aceito ſenhor eſſa promeſſa ſobre tua palaura, inda que eſte officio em que agora andas, não he muym conforme â ley Chriſtam q̃ no bautiſmo profeſſaſſe, de que Antonio de Faria ficou tão atalhado q̃ não ſoube q̃ lhe reſpondeſſe, & mandandoo chegar para junto de ſy o inquirio com brandura & afabilidade, & ſem nenhum ameaço.