Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/CXXVI

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
De como se ordenaram fias justas reaes, e se pôs ha tea na praça e da fortalleza de madeyra


E aa segunda-feyra primeiro dia das Oytavas se pôs a tea na praça, que era per cima toldada de finos panos sobre grandes mastos, e com infinitas bandeyras reaes. E a tea era cuberta de panos finos verdes e roxos, que eram as cores d' el-rey toda de hũa parte e da outra chea de pellicanos dourados, e bordados na tea que parecia muyto bem. E no cabo da tea se poseram em mastos muyto altos, bandeyras muyto grandes e muyto ricas das armas de Portugal e Castela juntamente que eram as da princesa. E foy feyta hũa fortaleza e tavola de madeira com grande novidade pera o caso no cabo da Rua dos Mercadores pegada na praça como fortaleza de guerra com suas torres e cubellos com muytas ynfindas bandeiras, e com hum facho cuberto de brocado posto muy alto pera se derribar aa entrada e vinda dos aventureiros e com hum sino com que repicavam como em frontaria de contrairos. E a fortaleza tomava o vão da rua e as casas onde ora he a camara e has outras da outra parte, e tudo era ricamente armado com ricas camas pera os mantedores e officiaes d' el-rey que esses dias ahi esteveram com elle, todos banqueteados em muita perfeiçam e muitas festas e prazeres dentro. E a fortaleza era de fora toda chea de muytas e claras lanternas muito bem feitas pera ysso e eram tantas, que acesas de noite parecia de fora que a fortaleza ardia em fogo, e era cousa muyto fermosa, afora as luminarias da praça que eram sem conto.