Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/LV

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
De como el-rey mandou noteficar aa infanta a morte do duque seu filho


Ao tempo da morte do duque de Viseu a senhora infanta Dona Breatiz sua mãy estava em Palmella, a quem el-rey polo doutor Nuno Gonçalvez do Desembargo pessoa de muitas letras e autoridade e per Gil Fernandez seu escrivam da camara pessoas de que confiava lhe mandou logo noteficar a morte do filho e mostrar as causas e culpas do caso pera ver as rezões que tevera de o matar; e assi lhe mandou levar e amostrar a grande e liberal doaçam que a seu filho o senhor Dom Manoel tinha feita, pedindo-lhe e encomendando-lhe muyto com palavras de muita prudencia, cortesia, e honestidade que se confortasse e ouvesse paciencia. E ela vio e ouvio tudo com muita dor e tristeza e com muitas lagrimas lhe respondeo com palavras que ainda que fossem de princesa desconsolada, foram com muito sofrimento e honestidade e de molher muito inteira como ela era.

E logo na noite da morte do duque el-rey mandou fazer as deligencias que cumpriam pera se averem suas fortalezas como ouveram todas sem algũa duvida nem resistencia, e assi as dos que com elle eram salvo a fortaleza do Sabugal muito forte, e no estremo em que estava Dona Caterina molher de Pero d' Albuquerque, que sabendo da prisam de seu marido a nam quis entregar; e pera el-rey atalhar e remediar ysto, mandou logo diante Dom Pedro de Noronha seu mordomo-mor homem de muyta autoridade que cercasse como loguo cercou o Sabugal; e el-rey se aparelhou pera yr logo apos elle e foy em pessoa e chegou até Castello Branco onde com elle se ajuntou logo muita e muy boa gente do reino muy aparelhada d' armas e bons cavallos. E dali nam passou mays adiante porque Dona Caterina como soube de sua yda entregou logo o castello, e el-rey lhe fez merce da fazenda do marido que por sua deslealdade tinha perdida.