Abrir menu principal

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo/XLII

Vida e Feitos D' El-Rey Dom João Segundo por Garcia de Resende
De como se desfizeram as terçarias e a entregua do principe e da infanta


Os procuradores d' el-rey e o embaixador de Castela chegaram aa villa de Moura aos vinte quatro dias de Mayo de quatrocentos e oytenta e tres. E dentro no castello perante o principe Dom Afonso, e as senhoras infantas Dona Isabel e Dona Breatiz, o dito embaixador fez hũa fala com muita autoridade, dizendo que aquelle desfazimento das terçarias se fazia porque hos penhores da paz que foram aquelles senhores principe e infanta, nam eram jaa necessarios antre os reis de Castella e de Portugal, polla grande certidam e verdadeira segurança que de sua paz e amizade tinham, com muytas rezões e comparações de grande prudencia e muito ao proposito. E acabadas a senhora ynfanta Dona Breatiz entregou logo o principe aos ditos precuradores d' el-rey, e ha senhora infanta Dona Isabel ao embayxador d' el-rey e da raynha seus padres; e ysto com muitas lagrimas d' amor pola grande saudade que da infanta Dona Isabel avia.

Com os quaes loguo sayram da fortaleza, e ha senhora infanta Dona Breatiz com quanto tinha ja feito entrega do principe, veo com elle atee Evora e ho entreguou outra vez a el-rey seu pay. E ho duque de Viseu que tambem era hi, foy com a infanta Dona Isabel atee ho estremo onde a entreguou aos senhores de Castella que ahi esperavam por ella; e despedido da senhora infanta, tornou logo com muyta pressa pera ho principe que alcançou no caminho e entrou com elle em Evora.